terça-feira, 4 de maio de 2010

Desejo


Não sei onde me levas, me deixo levar por ti.
Meu desejo por ti me arruína.

Sou carne, sinto, quero e preciso de ti.
Minha mente diz não, mas meu corpo diz:
Te quero!

Não vejo futuro, nem passado, somente
o presente que deseja estar contigo.

Mas que desejo é este, me leva a fazer
loucuras, tira minha lucidez?

O tempo, passou, não me deu chance.
Você apareceu agora, eu aqui estou,
já à algum tempo.

Tempo que não perdoa, desejo que tenho
é de voltar ao passado e começar tudo de novo.

Quem sabe, te encontrar, me apaixonar...
E ai sim, ficar contigo até o fim.

Mas é somente desejo que tenho.
Dentro de meu coração, pois o tempo que tenho
já não é mais suficiente amor, para um desejo,
por ti que tenho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário