domingo, 25 de março de 2012

uma noite triste fria.
um rapaz sentado em sua cadeira.
pegou uma arma..
correu os dedos pelos cabelos.
ele se sentou e chorou enquanto pensava.
tudo o que aconteceu
Foi tudo minha culpa
ligou para sua unica amiga .
ele disse que ia ir embora ..
que isso tudo ia ser melhor
e disse a ela
"Eu te amo mais do que nunca"
ele disse "confie em mim
isso e o melhor pra min.
você vai ver.
porque depois que eu for embora
não vai haver mais luta, você vai ser livre "
ele pegou uma bala e colocou na arma
disse: "Eu te amo tanto
mas agora eu tenho que partir "
ele disse: Eu gostaria de poder voltar para antes e fazer tudo diferente "
então desligou o telefone
e puxou o gatilho contra o proprio peito..
olhou para o peito..
a dor cresceu mais..
seus olhos se encheram de lágrimas
e começaram a derramar correndo pelo seu rosto.
assim como sua família correu ao ve-lo caido no chão..

Nenhum comentário:

Postar um comentário